28.11.06

Um mundo de silêncio




Em 1968 um ano antes de o homem se aventurar na Lua, Stanley Kubrick realiza o filme 2001 Odisseia no espaço, com argumento do próprio Kubrick e de Arthur C. Clarke que durante as filmagens escreveu o livro.

Um filme com 149 minutos e apenas 40 minutos de diálogo que nos transporta para o vazio do espaço onde impera o silêncio, a película não foi bem aceite na sua estreia, um filme de introspecção bem longe um banal filme de ficção científica que tanto nos diverte. 2001 aborda questões que vão da evolução do homem, até à nossa relação com a inteligência artificial. A perturbadora luz de presença do computador HAL 9000 que com a sua voz cândida e “olhar penetrante “ alerta-nos para os perigos da nossa dependência das máquinas. Um filme perturbador que nos faz pensar no nosso lugar no Universo, com música de Richard Strauss e Gyorgy Ligeti 2001 é uma festa para os nossos ouvidos e olhos, que aconselho vivamente a ver ou a rever.

2 comentários:

pipas disse...

Consumo Kubrick ao segundo e subscrevo os comentarios do boca doce.

candida disse...

pior do que as máquinas é o homem que as faz ( e vende :))))em tom sarcástico), diria o vieirinha.